– PRESS RELEASE

Tarólogo ARHAN (Sérgio Padovan) “desbanaliza” o Tarô e a Tarologia e o utiliza tanto para posicionamentos e previsões quanto como ferramenta para o autoconhecimento e processos terapêuticos.

Sérgio Padovan deixou sua sólida carreira de duas décadas no ramo da informática (TI) para dedicar-se ao tarô. Desde então, adotou o nome ARHAN, que significa “O Liberto”, em sânscrito.

Após mais de 20 anos de dedicação e muitos clientes entre consultas e cursos, ARHAN diz que vive o “Estado da Arte” em relação ao Tarô.

Além de estudar a simbologia contida nas cartas do tarô, buscando a essência dos significados das imagens estampadas através da linguagem dos “Arquétipos”, também, é profundo pesquisador de outras ciências como a “Psicanálise”, a “Psicologia”, a “Metafísica”, a “Antroposofia”, as “Mitologias”, a “Filosofia”, e também, a “Física Quântica”, mais fundamentos teóricos que podem consolidar seu trabalho com o tarô.

Através de seus estudos, ARHAN tem como objetivo desmistificar a figura do tarólogo, apenas, como aquele que só veste túnica e turbante e fala em tom profético, com superioridade.

Para ele, o Tarô foge aos clichês místicos, é, principalmente, uma ferramenta que auxilia as pessoas a refletirem sobre as suas vidas, se autoconhecerem e, com isto, escolherem caminhos de forma consciente.

Por isso, gosta de chamar seu trabalho de “Tarô Consciência”.

Para o ARHAN, o Tarô apresenta alto índice de acertos, mas nisso diz que não há nenhuma magia, ou tudo é magia. O que ocorre é que o “plano espiritual” para ele é o mundo do “Inconsciente” e atua no plano material através das ciências, nós seres humanos somos a maior prova deste fato, nosso corpo é altamente tecnológico, basta ver o nosso código genético.

Jung afirma que imagens arquetípicas é uma linguagem do inconsciente e a simbologia contida nas Cartas do Tarô, são estas imagens arquetípicas, como é muito fácil observar na maioria delas, então, podem refletir as dificuldades que a pessoa está enfrentando em sua vida, mais ou menos, como Freud fez com a análise de sonhos.

Porém, para interpretá-las é necessário um conhecimento profundo desta simbologia, e não só ouvir uma voz do “além” ou a intuição.

ARHAN tem uma comprovada carreira, já marcando presença, no “Primeiro Congresso Brasileiro de Tarô”, em 2002 (São Paulo/SP), como palestrante e organizador juntamente com Nei Naiff e Vera Santos, como está registrado na página 386 do livro “TARÔ, SIMBOLOGIA E OCULTISMO” do autor Nei Naiff, indiscutivelmente, uma grande referência em literatura e eventos de Tarô no Brasil.

Também comprovam o seu prestígio e idoneidade do ARHA” a sua frequente presença na mídia de expressão. Já fez previsões e prestou consultoria sobre como manipular o tarô para as revistas “Isto É“, “Claudia”, “Bons Fluidos“, “Uma”, “Vida Simples”, entre outras.

Participou de vários programas de “TV” como o famoso “Mais Você”, de Ana Maria Braga, “Mulheres” com Cátia Fonseca, por mais de quatro anos seguidos, “Charme” com Adriane Galisteu, e como grande destaque o programa “Diálogos Impertinentes” com Mário Sérgio Cortella, também, entre outros, conteúdo disponível em seu canal do “YouTube”.

ARHAN também foi comunicador da “Rádio Mundial” e por mais de dois anos assinou uma coluna no “Jornal da Tarde”, onde ensinava noções sobre o Tarô para os leitores.

Enfim, dificilmente, se encontra algum outro tarólogo com tantas atividades na mídia de expressão, principalmente, não utilizando os famosos e batidos clichês místicos e esotéricos!

ARHAN desde 2020, ao completar 20 anos de carreira e 60 anos de idade passa a se dedicar mais fortemente aos seus cursos voltados ao desenvolvimento psíquico e espiritual do ser humano, principalmente, a formação em Tarô, com a forte crença de que o conhecimento deste oráculo é uma valiosa ferramenta para a vida como ela é.

– “Tarô Consciência é Tarô com Ciência”!

CONTATOS:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Arhan

Arhan

Em 1999, Sérgio Padovan deixou uma sólida carreira de duas décadas em TI (Informática) para se dedicar exclusivamente ao Tarô, sua inusitada descoberta e futura paixão!

Como resultado dessa grande transformação, Sérgio optou por adotar um novo nome, ARHAN – que significa o liberto em sânscrito – e focar suas energias na construção de um novo modo de vida.

Já se passaram mais de 20 anos e, nesse período, as experiências positivas como tarólogo, terapeuta e, principalmente, professor se ampliaram, a partir do constante estudo e a dedicação absoluta ao Tarô, além das trocas promovidas em milhares de consultas e cursos.

Arhan, além do estudo das “Cartas de Tarô”, aprofundou-se em outras ciências, como:

Psicologia Jungiana;

Antroposofia;

Mitologia;

Filosofia;

Metafísica;

Física Quântica;

Entre outras importantes ciências.

Esse conhecimento consolidou uma nova maneira de usar o oráculo, tanto para as previsões como do ponto de vista terapêutico e espiritual:

  • “Tarô Consciência”.

Na Mídia

  • ARHAN COM CORTELLA EM DIÁLOGOS IMPERTINENTES - TV SESC, PUC E FOLHA DE SP.

    ARHAN apresenta Taro (Tarot) em Diálogos Impertinentes com o professor Mário Sérgio Cortella.

  • ARHAN COM ANA MARIA BRAGA NO PROGRAMA MAIS VOCÊ - GLOBO.

    ARHAN apresenta Taro (Tarot) no programa "Mais Você" com Ana Maria Braga.

  • ARHAN COM CÁTIA FONSECA NO PROGRAMA MULHERES - GAZETA.

    ARHAN e as orientações com o Taro (Tarot) no programa “Mulheres” com Cátia Fonseca.

  • ARHAN CONCEDE ENTREVISTA PARA A TV UNIESP.

    ARHAN concede entrevista para a TV UNIESP e resume em 8 minutos tudo o que é o Tarô!

Veja mais vídeos em meu canal no YouTube